Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

CUCO

CUCO

Levítico 11:16 e Deuteronômio 14:15 se referem ao cuco. A ave age como um parasita, colocando ovos no ninho de outra espécie depois de empurrar para fora o ovo de seu hospedeiro.

O filhote de cuco nasce antes do filhote da ave hospedeira e o expulsa. Os pais adotivos o criam como se fosse a sua própria ninhada. Comedor de insetos, o cuco é considerado impuro nas Escrituras.

Alguns acreditam que o termo hebraico significa gaivota em vez de cuco. Gaivotas, andorinhas-do-mar e petréis são comuns nas praias e lagos da Terra Santa. Outros acham que se refere a coruja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário